CURSO DE FORMAÇÃO

A Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica - Associada Rio de Janeiro (SBPA-RJ) oferece, desde 1994, através do Instituto de Formação C.G.Jung de São Paulo, e do Rio de Janeiro, Curso de Formação de analistas, com a finalidade de propiciar aos candidatos os fundamentos teóricos e prática do exercício profissional de analista na perspectiva junguiana.

 

A Formação de Analistas Junguianos constitui-se como um organismo vivo e dinâmico que precisa estar constantemente sendo avaliado e reestruturado a fim de se adaptar com flexibilidade e eficiência às necessidades da Instituição e dos candidatos.

 

CURSO DE FORMAÇÃO:

 

O Curso de Formação tem como meta fornecer subsídios para a aquisição, ampliação e utilização de conhecimento no campo da Psicologia Analítica, assim como acompanhar o desenvolvimento e aprofundamento do exercício profissional.

O processo de formação requer a confluência de quatro instâncias fundamentais:

a. análise;
b. exercício profissional;
c. supervisão;
c. currículo teórico – prático (seminários, workshops, encontros, reuniões clínicas).

1. Análise

A análise do candidato é alicerce fundamental do processo de formação sendo o processo de análise independente do Curso de Formação. Os critérios quanto a necessidade mínima de análise pessoal são:

a) antes de ser admitido como candidato ao Curso de Formação, o mesmo deve ter cumprido pelo menos 100 (cem) horas de análise individual, num intervalo máximo de 2 anos;
b) até o final do Curso de Formação o candidato deve completar 300 (trezentas) horas de análise com analista junguiano membro da IAAP; 150 horas de análise, no mínimo, devem ser cumpridas durante o Curso de Formação, com analista membro da IAAP.

2. Exercí­cio Profissional

O candidato deve manter-se em atividade profissional como psicoterapeuta, durante o processo de formação, em consultório e/ou Instituição.

 

3. Supervisão

O processo de supervisão, durante o período de formação, realiza-se através de supervisão na Instituição comportando: 60 (sessenta) horas de supervisão em cada ano, num total de 180hs, sendo esta feita em grupo e seguindo a programação de cada período. Além destas horas, o candidato deve cumprir 50 (cinquenta) horas de supervisão individual pessoal.

4. Currículo do Curso de Formação

O currículo do Curso de Formação consiste de seminários, workshops, reuniões clí­nicas, encontros multidisciplinares, palestras e conferências com convidados estrangeiros e nacionais.

O currículo apresenta quatro áreas de discussão e aprofundamento teórico-prático, desenvolvidas da seguinte maneira:

Campo da psicologia analítica (1o e 2o semestre);
Desenvolvimento da personalidade (3o e 4o semestre);
Psicopatologia e técnicas expressivas (5o e 6o semestre);
Opus (7o e 8o semestre).

5. Avaliação

Durante todo o curso de Formação os candidatos são avaliados de forma objetiva e subjetiva por todo o corpo docente que participar das atividades de formação.
A avaliação, em si mesma, configura um processo objetivo e subjetivo. Dessa forma, estarão sendo avaliadas todas as atividades que configurem cumprimento de tarefas, empenho e dedicação na realização de seus trabalhos escritos, presença e participação efetiva nos seminários (leitura, compreensão dos textos, correlações simbólicas), workshops, encontros, reuniões clínicas e supervisões.
A avaliação subjetiva será sempre pautada pelo respeito a individualidade, criatividade e estilo do candidato na condução de suas atividades profissionais, na relação com seus colegas e na interação com a Instituição.
A avaliação, com a finalidade de orientar e retroalimentar o processo de formação, pretende ser um instrumento a serviço do processo de formação e individuação do candidato.

 

6. Acompanhamento

Está previsto, durante o curso, acompanhamento individual e grupal. O(a) diretor(a) do Instituto de Formação C.G.Jung do Rio de Janeiro e a Comissão de Ensino realizam reuniões periódicas com o grupo de candidatos para discutir o programa, o desenvolvimento do curso, o planejamento de atividades, os encontros científico-culturais, as dificuldades emergentes, e os assuntos referentes ao ensino.

7. Monografia de conclusão de curso

O trabalho de conclusão do Curso de Formação consta da realização de uma monografia.
Entende-se por monografia um trabalho redigido, dissertativo, onde se utilize atividade reflexiva, exercí­cio de consciência crí­tica, criatividade na elaboração de ideias e procura de elucidação das questões avaliadas. A monografia se caracteriza pela especificidade de abordagem a um tema. A monografia pode ser teórica, clínica (estudo de caso) ou teórico-clí­nica.

8. Duração do curso

O Curso de Formação estende-se por 10 (dez) semestres assim distribuídos:

a) os primeiros oito semestres constam de atividades didáticas, desenvolvidas através de dois seminários semanais, com duração de 2 horas e 30 minutos cada, e de atividades de supervisão grupal e individual, workshops , encontros e reuniões clí­nicas;
b) o nono e décimo semestre do curso são reservados a  elaboração final da monografia, a qual deve ser entregue até o final do décimo semestre, após o qual são marcadas as bancas examinadoras;
c) durante o nono e décimo semestres devem ser completadas as horas de supervisão individual pessoal;(obrigatórias)
d) quando o candidato não tiver completado horas de análise, deve fazê-lo impreterivelmente nos nono e décimo semestres.
e) em havendo situações excepcionais as questões serão discutidas e resolvidas pela Comissão de Ensino.

9. Conclusão

O candidato torna-se membro analista após conclusão do Curso de Formação, quando então deve ter cumprido as seguintes etapas:

a) 4 anos de atividades teórico-práticas, com todos os trabalhos, exigidos anualmente pela Comissão de Ensino e pelos coordenadores de seminários, entregues e aprovados;
b) 50 horas de supervisão individual pessoal, a partir do 4o ano do curso de formação;
c) 300 horas de análise com analista membro da IAAP. 150 horas, no mí­nimo, serão realizadas durante o perí­odo de duração do Curso de Formação;
d) monografia aprovada pela banca examinadora.

Após o cumprimento de todas as formalidades legais enunciadas, o candidato é declarado membro analista, sendo diplomado em Assembléia Geral.

A Formação de Analistas Junguianos constitui-se como um organismo vivo e dinâmico que precisa estar constantemente sendo avaliado e reestruturado a fim de se adaptar com flexibilidade e eficiência às necessidades da Instituição e dos candidatos. O presente regulamento configura um instrumento de trabalho a servirão do Curso de Formação do Instituto de Formação C. G. Jung de São Paulo-SBPA e da Associada Rio de Janeiro.

Assim sendo, a Comisso de Ensino do Instituto de Formação C. G. Jung de São Paulo se reserva o direito de alterar o presente regulamento em qualquer momento que a realidade do Curso de Formação demandar por reformulações.

REGRAS PARA INSCRIÇÃO

O concurso de seleção dos candidatos a membros analistas está aberto a todos aqueles que preencham na integra os seguintes pré-requisitos:

- Ser médico (a) ou psicólogo (a) com registro no Conselho Regional há pelo menos 2 (dois) anos.

- Ter comprovado 2 (anos) anos de exercício de prática clínica em psicoterapia.

- Ter comprovado 50 (cinquenta) horas de supervisão clínica individual ou em grupo, de preferência com analista junguiano.

- Ter comprovado vivência mínima de 100 (cem) horas de análise individual, sendo as mesmas realizadas num intervalo máximo de 2 (dois) anos.

Datas Importantes: 

Inscrições até 25 de março, 2019

Prova 30 de março, 2019 (1ª etapa)

Abaixo o modelo de requerimento para inscrição, o mesmo deve ser enviado junto aos documentos necessários.

 Inscrição ao Concurso de Seleção Para Curso de Formação de Analistas

Exmo. Sr. Diretor do Instituto de Formação C.G.JUNG do Rio de Janeiro da Sociedade  Brasileira  de  Psicologia  Analítica-Associada Rio.

Eu, ______________, na condição de médico/psicólogo, regularmente inscrito no Conselho Regional de Medicina/Psicologia sob n°_______ solicito minha inscrição no Concurso de Seleção a candidato ao Curso de Formação de Analista Junguiano desta entidade.

Declaro ter tomado ciência das normas gerais do Concurso de Seleção que constam  do Regulamento para o Curso de Formação de Analistas da SBPA e  estar plenamente de acordo com elas. 

Conta para depósito:

Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica - RJ

CNPJ: 00.092.982/0001-99

Banco: Bradesco (237)

Agência: 1852

Conta corrente: 360-3

©  2018 por Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica - RJ. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon

Rua Santa Clara, 50/1209 - Rio de Janeiro, RJ 22041-012

Tel: 021-2235-7294